Nada não.


Esqueci de usar meu tampão nos ouvidos e durex na boca. Retoquei minha tatuagem. Tá doendo ela e o resto. Fui lá sozinha porque sou idiota e não pedi a ninguém. Vi coisas que EU SABIA que ia ver. Constatei. Passei a tarde quase toda no banheiro. Mordi a bochecha, agora tô com afta. Meus olhos estão ardendo. Minha cabeça pesa. Preocupada aqui com a possibilidade de uma existência não tão desejada. Tô com cara de travesseiro, porque quando a gente passa muito tempo encostada em um lugar, molda, né..  Minha cama parece um lugar muito, mas muito repugnante agora. Acho que estou desidratada. Acho também que sou dramática. E frágil. E muito imbecil por estar escrevendo isso aqui.

Logo voltam as postagens, as resenhas, que tem um monte, mas só por agora eu me dou o luxo de não ser forte.

Share:

1 comentários

  1. Só o fato de reconhecermos nossas fraquezas, medos, defeitos nos mostra o quanto forte somos por encarar a nossa realidade mais intima...

    ResponderExcluir