Lixas Descartáveis


Matérias e estudos feitos sobre as lixas descartáveis

1) Quais são as principais doenças que podem ser transmitidas em um salão de beleza?

Existe uma série de vírus, bactérias, fungos, colocando em risco a vida humana, em um salão de beleza devido à circulação de uma grande quantidade de pessoas isto aumenta ainda mais o risco de transmissão de doenças relacionadas às unhas e pele, de uma simples micose a doenças mais graves como a hepatite pode ser transmitida em um salão. Lembramos que uma simples micose pode levar até 01 ano para seu tratamento sendo necessário uso de medicamentos tópicos e oral, o que possuem um custo alto.
Já as doenças como Hepatite C e a AIDS, transmitidas pelo sangue,
Podem passar de uma pessoa para a outra por meio de um simples
sangramento, ocasionado, por exemplo, ao se tirar a cutícula.

2) Quais são os procedimentos, adotados pelas manicures, para diminuir a contaminação?

O profissional deve:

• Lavar as mãos antes de atender cada cliente;
• Esterilizar os alicates, espátulas e outros instrumentos de metal;
• Abrir a embalagem dos alicates, espátulas e outros instrumentos de metal na
frente do cliente;
• Retirar as toalhas da embalagem plástica na frente do cliente;
• Manter o material de trabalho tipo algodão, esmaltes, removedor de esmalte, organizados em maletas ou gavetas;
. Utilizar somente lixas e palitos descartáveis
• Manter o algodão em pote com tampa;
• Perguntar ao cliente se possui alguma alergia a esmalte ou outro produto a ser
utilizado;
• Jogar no lixo os materiais descartáveis ou de uso único, como algodão, lixas
de unha, protetor de cuba e de bacia, lâminas etc.
Recomenda-se:
• Colocar luvas descartáveis e só retirá-las quando concluir o serviço;
• Borrifar álcool 70% nas unhas do cliente antes do procedimento para evitar
infecções.

Concluído o serviço, deve:
• Lavar as mãos após o atendimento de cada cliente;
• Lavar e esterilizar todos os instrumentos utilizados ou não, pois mesmo sem
uso estarão contaminados e devem estar limpos e esterilizados para o
próximo cliente;
• Lavar as bacias e cubas com água e sabão líquido ou detergente após cada
uso;
• Colocar os instrumentos utilizados em caixa plástica lavável, sinalizada:
“Instrumentos Contaminados” e prepará-los para o processo de esterilização.
Elaborando
Manual.


1 MANICURE, PEDICURO E PODÓLOGO

As lâminas utilizadas nos procedimentos de podologia devem ser
descartadas em recipiente rígido para produtos perfurocortante.
Se identificar alguma alteração na unha ou
pele do cliente, orientar para que procure um médico.

3) O que deve ser observado pela cliente quando entra em um salão?

O cliente deve observar a higiene do local, o procedimento adotado pelo profissional,observar a abertura das embalagens dos instrumentos esterilizados, e as lixas utilizadas devem ser totalmente descartáveis, no caso das lixas auto adesivas observe se a base ela deve esta limpa, e integra pois, resíduos que ficam a base alem de adesivos também existem inúmeros fungos e bactérias que se proliferam rapidamente colocando em risco a saúda de clientes e profissionais.

4) Que tipo de investimento deve ser feito em um salão para minimizar os riscos?

O local de trabalho deve ser amplo, arejado, com boa iluminação para ajudar na visibilidade do profissional no desenvolvimento do trabalho.
Palestras, cursos, ou apostilas sobre podologia ajudam muito, pois as informações, contidas são de grande valia para a profissional.


5) O uso de autoclaves garante 100% a segurança dos materiais esterilizados?

Sim. Seguindo todas as regras para uma esterilização em autoclave

VAPOR SATURADO / AUTOCLAVE

• Os materiais de metal, depois de lavados, devem estar
embalados e acomodados em embalagem que permita a
passagem de vapor. Lembrando que é necessário respeitar o tempo de esterilização informado pelo fabricante, para termos uma esterilização correta e segura.


6) Outros métodos de esterilização funcionam?

CALOR SECO / ESTUFA

• Os materiais de metal, depois de lavados, devem ser
colocados em estojos de alumínio ou aço inoxidável, tipo
marmita; ou em envelopes próprios para esterilização em
estufa;
• A ponta do alicate dever ser protegida com papel alumínio
devendo ser retirado na frente do cliente;
• A temperatura para garantir a esterilização é de 170ºC por 1 hora ou 160º C por 2 horas;
• O tempo para esterilização deve ser contado a partir do momento
em que o termômetro longo do bulbo (mercúrio) atingir a temperatura programada no termostato (botão do equipamento);
• Não pode ser aberta durante a esterilização. Quando isto ocorre, o
processo de esterilização é interrompido, e deve ser iniciado todo o procedimento novamente.

LIXAS DESCARTÁVEIS PARA PÉ E MÃO.

“Questão de higiene e saúde pública”.

Higiene é um dos requisitos para a saúde exigidos das manicuras, pedicuras,podólogos e demais profissões que têm como área de trabalho a pele humana. A cada dia, se exige mais e mais dos profissionais destas áreas, à medida que se vai evoluindo no Controle de Infecção Cruzada (CIC), através da limpeza, esterilizarão, anti-sepsia dos equipamentos, ou pela utilização de produtos descartáveis.
A tendência do utilizar produtos descartáveis de uso único para evitar risco de contaminação não é um fato recente. Esta preocupação vem de longe, e está presente em todos os aspectos de nosso dia-a-dia. É o caso dos copos, seringas, agulhas, toalhas, preservativos, guardanapos e uma infinidade de produtos.
Da AIDS à Hepatite B e C, afinal, existe uma série de vírus, bactérias, fungos (micose), colocando em risco a vida e a saúde humana. Especificamente na podologia e serviços de manicura e pedicura, o Controle de Infecção são as principais preocupações, tanto para o profissional como para o cliente, por isso a importância do uso de lixas para pés e mãos que sejam descartáveis.
Hoje a utilização das lixas descartáveis, é uma orientação da vigilância sanitária e dos médicos dermatologistas, porém, em vários Estados e Municípios, já existem leis que proíbem a utilização de lixas reaproveitáveis e que autuam com multas e até fechamento do estabelecimento que não utilizam lixas descartáveis.
Da mesma maneira que é crescente o número de casos de doenças transmitidas por lixas não descartáveis, os estabelecimentos de beleza, bem como profissionais competentes e conscientes, precisam por em prática a utilização de produtos descartáveis.
Salão de Beleza que se preza e tem preocupação com a qualidade, utiliza produtos descartáveis e fideliza seu cliente.

Roberto Stéfanni do Valle – Médico Sanitarista
Jornal Saúde Brasil – Artigo Vigilância Sanitária/Descartáveis
Reprodução Beneh Santos – Sinsaúde de Ribeirão Preto e Região.

Share:

5 comentários

  1. lixaa sujaaa q perigonnnnnnnn :D como nem pinto a unha só vouu aparando qnd cresce ;/

    VO TE SEGURR tbm floreee bjundaaa

    ResponderExcluir
  2. Salão de beleza é mesmo um perigo ein..
    Ainda bem que eu levo o meu alicate, minhas lixas, e até a toalhinha. Já ajuda um pouco né.
    =)
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Post super útil!
    Parabéns!
    boa sexta!
    bjos

    ResponderExcluir
  4. Nossa a Aline está certa... levar as coisas dela na manicure!
    O post tá muito bom!
    Bjokas:D

    ResponderExcluir
  5. eu tenho as lixas Cel's, elas sao TUDO DE BOM...e eu acho que todos os saloes de beleza deveriam trabalhar com estes produtos, nao é?

    ResponderExcluir