EUA discutem aprovação de nova droga para combate à obesidade



O FDA (Food and Drug Administration), órgão dos EUA que regulamenta alimentos e medicamentos, reúne-se para analisar a eficiência e segurança de um novo medicamento para emagrecer. Pode ser a primeira aprovação de uma droga para o combate à obesidade em cerca de 10 anos.

Segundos dados coletados pelo órgão desde 2007, a Qnexa, que une duas drogas já usadas para perda de peso (a fentermina e topiramato), é eficiente, mas a segurança do remédio ainda não está comprovada. Até 18% dos pacientes desistiram dos testes em altas doses por causa das reações adversas. Foram apresentados problemas cognitivos, metabólicos e psiquiátricos e ainda não se sabe seu efeito durante a gravidez.

A droga é indicada para obesos com IMC maior do que 30 ou pessoas com sobrepeso com IMC maior do que 27 que tenham doenças relacionadas como hipertensão, diabetes tipo 2 e muita gordura abdominal. Ela ainda deve ser usada para complementar dieta alimentar e a prática de atividade física.

Durante a pesquisa, houve perda de peso superior a 5% em 20% dos que estavam submetidos ao placebo e 45%, 62% e 69% entre aqueles que tomaram baixas, médias e altas doses do remédio. Os números estão dentro do padrão estipulado pelo órgão para atestar a eficácia do medicamento.

Outros dois medicamentos para o combate da obesidade também devem ser analisados pelo órgão este ano.

Tags
Combate Obesidade - Fitness - Emagrecimento - Dieta

Share:

1 comentários

  1. Eu sou super a favor de medicamentos que ajudem a perda de peso de pessoas que tem problemas por causa da obesidade, mas de certa forma me preocupa como seria tratado este assunto nas farmácias que fossem fazer a venda do medicamento, afinal, sem nenhuma dúvida haverão muitas pessoas atras dessa medicação, pessoas que não precisam, apenas pra perder peso mais rápido ou então para perder o qeu não precisam. Pessoas doentes por emagrecer.
    Espero que haja um bom controle quando essa medicação sair.
    Beijos

    ResponderExcluir