Correr deixa bumbum, seios e bochechas caídos?


Resposta: Resumidamente, a flacidez da pele é causada pela perda de substâncias, principalmente na camada média da derme, provocando uma diminuição da tensão que sustenta a pele. Essa flacidez está ligada à predisposição genética, à ação do tempo e à oscilação do peso.

Isso não tem ligação com a musculatura. Os músculos fracos são tonificados com exercícios físicos, como é o caso da corrida. Os músculos das pernas e glúteos (bumbum) são muito exigidos, aumentando o seu tônus muscular. Dentro desse contexto, uma outra vantagem é que por ser uma atividade aeróbia, aumenta a oxigenação de todas as células do corpo, melhorando inclusive o aspecto da pele.

O rosto e as mamas têm algumas particularidades. O rosto está mais exposto e sofre mais com os raios solares. Já a mama, além de sofrer com a força da gravidade, é formada predominantemente de gordura. Quando os exercícios têm como objetivo uma grande perda de peso, elas “de cara” vão se tornar menores e mais magras, com aspecto mais caído. Mas não por causa da corrida e sim pelo emagrecimento em si. Tanto é que as pessoas que emagrecem com regimes, sem atividade física, também passam pelo mesmo problema; correndo ou não.

Atletas de ponta ou corredoras de longa distância, estão também mais sujeitas a ter o problema, tanto no rosto como nas mamas, mas justamente pela grande perda de gordura que provoca o exercício aeróbio de longa duração.

Concluindo, proteja a pele do rosto com boné, óculos e protetor solar. Jamais corra só com sutiã ou sem nada. Você deve escolher os tops que são fabricados para esse fim, dando mais sustentação às mamas impedindo a ação da força da gravidade aumentada pelo impacto.

Se estiver acima do peso, emagreça moderada e gradativamente e vá compensando a perda de gordura com exercícios de musculação, trabalhando todas as partes do corpo, protegendo as articulações e conseguindo assim um resultado mais saudável e harmonioso.

You Might Also Like

0 comentários